Faça-se Sócio!

Seja sócio e assista a todos os jogos gratuitamente.

Mancha Vermelha

A claque Mancha Vermelha apoia a ADPB.

Um clube com história

As origens e história da nossa Associação.

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

Veteranos [17ª Jornada]: Âncora Praia 1 - 3 ADPB


A ADPB alinhou com:

Lau Rebola – Carlos Paredes, César Cerqueira, “Filipão” Silva, Gustinho Costa (“Tólis” Fernandes) – Sérgio Silva, João Davide, Hugo Cerqueira – Jorge “Lula” (Nelson Armada), “Perry” Sousa (Rui Viana) e Mário Vianna (Vasco Lima/Fernando Araújo).

Equipa Técnica: António Araújo, “Quim da Prova”.

Mais um jogo em que não começamos bem mas acabámos por repetir o resultado que tínhamos conseguido na primeira volta, mantendo a nossa equipa na luta pelo título.

Estariam decorridos uns dez minutos de jogo quando um centro rasteiro da direita do ataque do Âncora apanhou desprevenida a nossa defensiva e, na tentativa de cortar a bola, acabamos por coloca-la dentro da baliza.

Ficamos um pouco abalados com este golo madrugador da equipa adversária mas partimos em busca do nosso golo, que aconteceu ainda na primeira parte, através de um centro/remate do Serginho que apanhou o guarda-redes adversário desprevenido.

Na segunda parte, entramos melhor e chegamos à vantagem através de um pontapé de canto rasteiro, cobrado pelo Hugo na direita do nosso ataque, em que o Tólis tentou emendar ao primeiro poste e a bola acabou por sobrar para o Perry que, ao segundo poste, não perdoou.

As coisas pareciam estar a correr bem mas, pouco tempo depois, num centro “à queima-roupa” dentro da nossa área, a bola embateu por baixo do braço do Hugo e o árbitro resolveu marcar grande penalidade contra nós (um lance que eu continuo a considerar não ser passível de marcação de falta … mas as regras assim o ditam … dá vontade de, quando dentro da área adversária, atirar a bola propositadamente para o braço dos jogadores).

Felizmente, o Lau adivinhou as intenções do jogador que marcou o penalty (aliás, muito mal marcado … pouco colocado e sem força) e manteve-nos com a vantagem no marcador.

Quis o destino que, na área adversária, acontecesse um lance idêntico ao que originou a grande penalidade contra nós. Só que, ao contrário do jogador do Âncora, o Perry não falhou a oportunidade e aumentou o resultado para três a um.

Depois, foi gerir o resultado até ao apito final.

Se não houver alterações, no próximo sábado, dia 14, recebemos a equipa das Neves, que na primeira volta nos infligiu a primeira (e pesada) derrota deste campeonato.

J.R. “Lula”

Resultados da 17ª Jornada

Classificação após a 17ª Jornada

0 comentários:

Enviar um comentário